quarta-feira, 29 de abril de 2009

"Terminator:TSCC" e "Kyle XY" Estreiam em Maio no SBT

De longe,o SBT é o canal aberto brasileiro que mais exibe seriados americanos.E esses estão sempre presentes em sua programação e sempre a emissora trás ótimas novidades.

As novidades para a nova programação que começa em Maio com relação à seriados,ficam por conta das estreias de "Terminator:The Sarah Connor Chronicles" e "Kyle XY".



Terminator,que já é uma velha conhecida para quem visita o blog,irá ao ar dia 4 de Maio,às 11:45 da noite,com o título de "Exterminador do Futuro",o que me parece ser uma jogada de marketing dada a proximidade da estreia do filme "Terminator 4: Salvation".
Para quem ainda não teve a oportunidade de ver a série,vale a pena conferir,ao menos pelas excelentes atuações
de Lena Headey (Sarah Connor) e Summer Glau (Cameron Phillips).
Confira a sinopse:

"Terminator: The Sarah Connor Chronicles" é uma série baseada na franquia de filmes "O Exterminador do Futuro". No final de "O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final", Sarah Connor derrotou o exterminador que foi enviado do futuro para matar seu filho de 15 anos, John. Agora, Sarah (Lena Headey, de "300") e John (Thomas Dekker, de "Heroes" e "7th Heaven") se vêem sozinhos num mundo perigoso e complicado. Fugitivos da lei, eles são confrontados com a realidade de que mais inimigos do futuro e do presente poderão atacá-los a qualquer momento.

Sarah pára de fugir e decide reagir contra os inimigos que estão em constante evolução tecnológica e estão determinados a destruir a vida do seu filho. John sabe que talvez seja, no futuro, o salvador da raça humana, mas ainda não está pronto para assumir a liderança.

A única amiga de John é Cameron (Summer Glau, de "Firefly"), uma enigmática aluna da sua escola que provará ser uma destemida protetora. Além de Cameron, mãe e filho também encontrarão um poderoso aliado no inteligente e agressivo agente do FBI James Ellison (Richard T. Jones, de "Ally McBeal" e "Nova York Contra o Crime"). O elenco secundário traz ainda Brian Austin Green (de "Freddie", "Barrados no Baile").



Kyle XY,também é velha conhecida do blog,a série terminou em março,mas merece ser vista e revista é uma série realmente incrível.Deve estrear no próximo domingo no lugar de Smallville 12:15.

Confira abaixo a sinopse:

Kyle é um adolescente de 16 anos que acorda numa floresta à beira de Seattle totalmente nú e sem nenhuma lembrança de sua vida antes daquilo. Kyle é como um bebê recém-nascido em sua falta de conhecimento da vida social humana: ele não conhece nem mesmo as coisas mais simples, como a maneira de comer ou beber, e não consegue se comunicar com outras pessoas. Quando Kyle caminha nú pelas ruas de uma cidadezinha próxima, é apanhado pela polícia. Como eles não conseguem encontrar seus registros, ele é levado para um lar infantil, onde se descobre que ele não possui o umbigo. Nicole Trager, uma terapeuta, se interessa por Kyle. Ela percebe que Kyle não pertence ao lar e leva-o para sua casa enquanto a polícia procura por sua família. A série acompanha Kyle e a família Trager à medida que Kyle se desenvolve socialmente e busca por respostas para o seu passado.

"CHUCK" - Josh Schwartz Fala Sobre 3ª Temporada

Após a grandiosa season finale da última segunda-feira,o produtor de "Chuck",Josh Schwartz,concedeu uma entrevista ao TVGuide,e falou sobre o que podemos esperar da 3ª temporada,e sobre a possibilidade de haver realmente uma.
Confira abaixo a entrevista:


TVGuide.com: Cara, incrível season finale!
Josh Schwartz: Ah, obrigado.

TVGuide.com: Eu tinha o vento do "jogo de mudança" no mês passado de Março, mas tenha certeza de que manti escondido.
Schwartz: Obrigado por isso. Felizmente, só poucas pessoas sabiam da mudança, e fomos capazes de mantê-la contida.

TVGuide.com: Estes novos flashes que dão a Chuck uma habilidade, por quanto tempo cada um vai durar? Tipo, ele poderia "esquecer" kung fu no meio de uma luta?
Schwartz: O que vou dizer é que as pessoas que estão preocupados pelo fato de estes novos poderes mudarem o tom do show ou da nossa cara, não irá. Existe um plano em prática e, o tom do show e as qualidades de Chuck permanecerão intactas.

TVGuide.com: Será que ele em flash, como, de uma língua estrangeira uma semana? E então aptidões cracking na próxima? Esse tipo de coisa?
Schwartz: Há um monte de opções, uma série de oportunidades para nós indo por caminhos diferentes.

TVGuide.com: Talvez isto faça Casey, quem está habituado a ser o salvador, um pouco ciumento?
Schwartz: Certamente estamos sempre, sempre procurando maneiras de aumentar o conflito entre Chuck e Casey. Isso é realmente uma divertida dinâmica para o show.

TVGuide.com: Haverá implicações para Chuck e Sarah com este novo desenvolvimento?
Schwartz: A forma como ele tem um impacto mais imediato deles é que eles só podem ficar juntos se ele não é o ativo. É por isso que eles foram capazes de dar um passo em frente na sua relação com o penúltimo episódio, porque o intersect estava fora de sua cabeça, e ela já não tinha a necessidade de protegê-lo. Mas agora ...

TVGuide.com: Ele é mais valioso do que nunca.
Schwartz: Exatamente. Então, essa dinâmica mudou, o que certamente coloca em perigo a sua relação de volta. Mas a relação de Chuck e Sarah será uma das grandes histórias de condução na próxima temporada - deveríamos ter uma.

TVGuide.com: Ah, não fale assim.
Schwartz: Mas tenho que fazer.

TVGuide.com: O que você pensa sobre a Save Chuck Subway effort ? Eu gostaria de pensar que a maré está virando em direção de uma 3 ª Temporada.
Schwartz: A campanha Save Chuck que começou nos blogs e com os críticos e com os fãs, no Facebook e Twitter, foi uma das experiências mais incríveis da minha vida para testemunhar - e certamente a mais criativamente gratificante. Todas as pessoas envolvidas no show ficaram muito, muito emocionados sobre como as pessoas se tornaram vocais. A campanha foi uma ideia brilhante de alguém do Televisão Without a Pity. É, na verdade fala sobre a forma sofisticada que os telespectadores de Chuck são, para utilizar produto para salvar a sua integração em vez de apenas rejeitá-lo como fora de mão. Ouvi histórias de Subway . Eu sei que [Subway executivos] também têm estado extremamente surpreendidos com o nível de promoção para o Subway, no meio de tudo isso.

TVGuide.com: Mas o que a NBC tem pensado nestes dias?
Schwartz: Bem, NBC sempre realmente amou o show. Eles têm sido muito solidários com o show, e eles realmente tem amor e apoio ao espetáculo. Ela não perdeu com os mesmos, a reação popular, o apoio crítico, e esse movimento popular que é tomada sem soltar. Tudo isto é muito significativo na indicação para o show, o crescimento para o show, e muito leal e uma fervorosa base para o show.

TVGuide.com: Então você acha que é realmente uma decisão difícil que NBC está a enfrentar?
Schwartz: Eles têm um calendário muito apertado este ano, portanto ...

TVGuide.com: Vocês são um show caro, ou apenas um espetáculo que não é uma NBC- Universal propriedade?
Schwartz: Nós não somos um show caro, não somos um show barato - Acho que caímos no meio. Eles não nós próprios, então é isso mesmo, mas ao mesmo tempo ... . Há vantagens e desvantagens de ser propriedade, eu acho.

TVGuide.com: Bryce está realmente e sinceramente morto agora?
Schwartz: Ele está morto.

TVGuide.com: Você deixou a porta aberta para Scott Bakula retornar como o pai de Chuck. Ele está a bordo para posteriores aparições, caso seja renovada?
Schwartz: Nós gostaríamos de ter Scott de volta, ele foi fantástico nessa parte do show e ele superou todas as nossas esperanças e expectativas para o que ele traria à parte. Ele agregou o show emocionalmente, e arrebentou.

TVGuide.com: Poderia ser na próxima temporada que nós exploraríamos a mãe de Chuck?
Schwartz: Ainda estamos a formular os nossos pensamentos para os novos personagens. Sabemos qual o maior arco para a próxima temporada, sabemos o rumo que queremos que o show tome, e nós sabemos como próxima temporada acabaria.

TVGuide.com: Teria um final tão bom como este?
Schwartz: Sim, nós estamos realmente animados sobre ele. E uma coisa que eu vou prometer para o próximo ano é que, venha inferno ou alta água, Jeffster deve voltar!


Fonte:Tv Guide

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Especial "Chuck" - Aquecimento Para o Season Finale

[Cuidado!Pode Conter Spoilers]

Vocês já puderam conferir aqui no blog os vídeos promocionais da season finale de Chuck.
Confira agora a entrevista de Chris Fedak sobre a finale que vai ao ar essa segunda,e sobre o cancelamento ou renovação:
O produtor falou sobre os boatos sobre renovação/cancelamento e ainda deu algumas dicas do que esperar nessa segunda:
"Eu prometo que um casamento fantástico acontecerá no season finale". "Todos os espectadores que gostam de casamento irão chorar bastante. Mas eu também posso prometer que sempre existe a chance de algum tipo de desastre épico."

"Nosso finale é ótimo! Nós conversamos sobre essa mudança no jogo", continuou Fedak. "É um real lançamento para a terceira temporada e para uma nova versão da série."

E caso a série não seja renovada,ele disse:

"Se Chuck não retornar, e as pessoas assistirem esse finale, o caos vai imperar na América. Eu tenho medo que as pessoas possam queimar seus quartos e jogar suas televisões pela janela".

Alguma dúvida de que é isso mesmo que vai acontecer?

Quem também se pronunciou sobre o episódio,foi Joshua Gomez que interpreta o Morgan na série,confira abaixo a entrevista com o ator concedida ao TvGuide:

TVGuide: Você está animado com o season finale?

Joshua Gomez: Estou curioso para ver o que os fãs pensam dele. Eu sei que todos pensam que o episódio 2.21 foi meio que um final.


TG: Muitas coisas vieram abaixo nesse episódio.

JG: Eu sei, é tipo, "Espere, uma hora? O que mais pode acontecer?".


TG: Então, Morgan realmente se demitiu da Buy More? Ou será que ele vai acabar se arrependendo?

JG: É nos vimos ele se demitir e recuperar toda sua glória. Sim, ele se demite e eu acho que ele continua vendo e sabendo o que acontece lá. Mas, é bem legal. E, mais uma vez, para todas as pessoas que gostam, "Meu Deus! Morgan fora da Buy More, Chuck está sem o Intersect. O que diabos está acontecendo?".


TG: Como a Buy More pode trabalhar sem Morgan?

JG: Ela provavelmente trabalhará melhor. Não, eu penso que ocorreram diversas mudanças com Chuck. E, na minha opinião, os roteiristas sempre fizeram um bom trabalho, de alguma forma, fazendo um paralelo entre Chuck e Morgan. Você sabe o que eu quero dizer? Sempre existe situações parecidades, apenas em níveis diferentes. Agora é: "O que eu vou fazer sem o Intersect? E o que eu vou fazer sem a Buy More?". Os dois estão na fase do "E agora?".


TG: Morgan está mesmo se mudando para o Havaí com Anna Wu para se tornar um chef?

JG: É claro que esse é seu sonho. Inacreditável! Eu adoro o Morgan, mas as vezes eu penso "Sério, cara? Um chef, sério?".


TG: Pelos previews, podemos ver que muitas coisas acontecerão no casamento de Ellie. Então, Morgan finalmente descobrirá sobre a vida secreta de Chuck?

JG: Eu não responderei isso de qualquer forma, mas eu acho que o season finale será focado no climax dessa temporada, com Chuck, seu pai e o Intersect. Essas coisas vão realmente ao limite. É um grande episódio, então algumas das partes do Morgan...Ele está ao redor fazendo o que sempre faz, mas como ele agora está longe da Buy More, esse é focado somente em Chuck, sua vida, o casamento e o que acontece lá. Uma terceira temporada, nós vamos ver se acontece (com Morgan), mas fará sentido quando o episódio for assistido.


TG: Se uma terceira temporada ocorrer, o que você gostaria de ver acontecer com Morgan no futuro?

JG: Eu adoraria ver Morgan se aproximar de Chuck novamente. A segunda temporada foi meia bruta! Não ocorreu muita interação, e teve um tensão na amizade dos dois, mas eu sempre disse que Morgan seria o perfeito Alfred para o seu Batman. Não necessariamente ir em missões ou fazer algo do tipo, mas ser o amigo que Chuck precisa. E quando ele voltar para casa e dizer "Meu Deus, foi um dia díficil", eu estar lá para, você sabe, oferecer uma xícara de chá ou algo parecido.


TG: Qual sua parte favorita da amizade de Chuck e Morgan?

JG: Eu acho que todos tem uma amizade como esta. Não importa que as vezes aconteça algo de estranho, aquela pessoa é da família. E o que eu gosto mais do que tudo é que a amizade dos dois é família. Morgan é parte da família de Chuck, e isso faz muito bem para cada um dos dois.


Para finalizar,após os boatos sobre a série já ter sido renovada,Josh Schwartz além de desmentí-los,ainda deixou uma dica do que pode salvar a série:ver a season finale que vai ao ar essa segunda-feira.Tomara que os americanos o tenham ouvido!

**Quem quiser ver o episódio ao vivo pela net,estão aí os links:
http://es.justin.tv/william_adama
http://www.atdhe.net/

Review - SMALLVILLE "Stiletto"


Antes de comentar sobre o episódio dessa semana,vou fazer um breve comentário sobre os dois últimos episódios:
8x17- "Hex",foi um episódio pouco relevante,porém,foi divertido,leve e contribuiu um pouco mais para a mitolo
gia do superman.O episódio contou também com as ótimas atuações da belíssima Serinda Swan,que fez uma Zattana incrível,com Erica Durance que sempre brilha em seus episódios,e uma boa atuação de Tom Welling que coincidentemente ou não,parece sempre atuar melhor na companhia de Erica,não há dúvida de que os dois formam uma ótima dupla em cena.O que também foi muito bom,foi ver a Chloe vivendo a vida da Lois,e o Clark tendo seu desejo de uma vida normal sendo realizado.

8x18 - "Eternal",bem mais relevante que o anterior,interessante explicou bem a origem do Davis,a solução que deram foi interessante,embora não tenha me agradado muito,já que tudo pareceu muito forçado e manipulado para se encaixar na historia atual,mas o episódio valeu por nos trazer algumas respostas,e vale lembrar que Smallville é totalmente alternativo,então não dá pra ficar criticando o fato de não seguir a história original.



8x19 - "Stiletto"
Se fosse para dar minha opinião apenas dizen se eu gostei ou não do episódio,seria muito difícil,já que provavelmente,a minha resposta seria as duas coisas.Vamos por partes...
Por um lado,esse episódio teve altíssimos p
ontos positivos,entenda-se com isso,o fato de procurar-se cada vez mais,levar a série para a mitologia original do superman.É só pararmos para pensar em todas as referências às histórias originais,com o fato de Lois,vestida como Stiletto pensar em colocar um "S" no peito,ou quando Clark,como Borrão Vermelho e Azul,diz para Lois que ela pode lhe escolher um nome mais apropriado,quem já leu os gibis sabe do que eu estou falando.
A conversa final entre Lois e o borrão foi o melhor momento do episódio,toda a emoção nos olhos de Lois mostrou o quanto a reporter já está encantada com o herói.A cena em que Clark se joga na frente da bala para salvar Lois também ficou incrível e emocionante,pelo menos a Lois aprendeu a dar um pouco mais de valor a amizade.
A Chloe está um tanto apagadinha nesses últimos epi
sódios,porém,o final quando ela tenta esconder de Clark sua real situação,foi impossível não perceber sua angustia através de seus olhos,Allison Mack está sempre nos lembrando porque sua participação é tão valiosa na série.


Por outro lado,dinheiro com tinta de kriptonita?Tá,o mundo ainda vai ser movido a Kriptonita,mas até que o efeito do Clark no meio das notas ficou bem feita,eu disse bem feita,não que fez sentido.
A superforça da Lois também foi bem absurda,o que foi aquele pulo?Lois andou tomando coquetel de kriptonita com calcitran...
Todos sabemos que Lois é capaz de qualquer coisa por uma matéria,mas criar a Stiletto,uma heroína assim bem "tosquinha",eu acho que ela poderia ter feito melhor.
A Chloe agora tem um cão de guarda,sim Davis,lá está ele para servir e proteger sua dona,o que eu quero dizer é que,a essa altura da série,a 4 episódios do final,deixar um personagem tão importante confinado,e ter um episódio que não acrescenta quase nada as questões centrais da temporada,é algo difícil de entender e de engolir.A impressão que fica é que,como Lois é muito querida,eles ficam inventando histórias para colocá-la na temporada,é bom darem um jeito de envolvê-la mais em tudo o que está acontecendo.

Enfim,esse foi um episódio divertido,talvez no momento errado mas podemos perceber que logo veremos Clark Kent como realmente deve ser,e que venha "Beast" e algum desenvolvimento na história de Doomsday.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

[Spoiler] Promo e Fotos de SMALLVILLE "Beast"

Fotos Promocionais:

Promo do episódio:



Créditos do vídeo:CineSéries

"Flash Forward" Começa a ser Anunciado


A série "Flash Forward" é uma das mais aguardadas estreias (inclusive por mim) previstas para esse ano,além de ser uma das maiores apostas da ABC.
A emissora,com a intenção de chamar a atenção do público,vai começar a passar as promos da série durante os intervalos de "Lost",a série é também permeada de mistérios,e ao passar suas imagens durante a exibição do centésimo episódio de "Lost", a ABC prentende arrebatar um pouco do público para a nova série.
Nos vídeos exibidos,os espectadores serão direcionados à um site relacionado com Flash Forward,criando o clima de mistério que foi criado para promover Lost.
Só resta saber agora,quando a ABC pretende lançar a série.

Em Flash Forward, o mundo entra em colapso e a população sofre um desmaio geral por dois minutos e 17 segundos. Depois da situação, os personagens têm uma visão misteriosa sobre o futuro que promete mudar os rumos de todos na história.

A história é baseada em um romance homônimo de Robert J. Sawyer.

Review - "Chuck Vs. The Colonel"




Missão difícil essa de fazer o review desse episódio de "Chuck".O que falar de um episódio que,de tão perfeito,deixou aquela pontinha de tristeza ao pensar em um cancelamento?Tristezas à parte,é melhor não chorar "pelo leite que ainda não foi derramado"( :-D),e aproveitar dos momentos finais dessa temporada que está Awesome!

O episódio tem continuidade com o anterior,Chuck e Sarah a procurar por Stephen e Casey à procurá-los.Aliás,o "Coronel" do episódio era ninguém menos que John Casey que foi promovido ao cargo,e agora estava atrás de sua própria equipe para
prendê-los,confesso que de começo,fiquei com raiva do Casey,apontando arma pro Chuck,prendendo a Sarah,mas no final,esse episódio serviu para mostrar o lado humano do agente.Toda sua raiva e gana em capturar Sarah e Chuck,nada mais era do que ciúme por não ter sido chamado para ajudá-los,segundo Casey,"Steve Bartowski serviu o país com honra e marecia ir ao casamento da filha",ele é puro coração mesmo.Foi só o Chuck chamar e ele esteve pronto para ajudar.









Logo no começo do episódio,também, tivemos um presente para os fãs do casal mais fofo e complicado das séries.É claro que foi ingenuidade demais (ou esperteza mesmo,vai saber...) da par
te do Chuck e da Sarah alugarem um único quarto para os dois,coisa boa é que não ia dar mesmo,achei a cena de uma enorme delicadeza,e agora não tem como a Sarah negar mesmo o que sente,só está faltando o Chuck dar uns tapas no Morgan por ter atrapalhado sua chance com a Sarah...E claro,Casey que apareceu mas acabou foi é apanhando da Sarah,entretanto,agentes Fulcrum estavam em volta e o trio mais cool do universo teve que se unir de novo,ao que Casey aproveitou para prender Chuck e Sarah,e como ele ainda não aprendeu a nunca subestimar o nerd,não deu ouvidos quando Chuck viu passar no Drive-in a propaganda do Tron,o que claramente era uma mensagem de seu pai,que vinha os observando há um tempo.

Ver o Chuck e a Sarah presos na base,e sobre o controle de Casey foi bem triste,ainda mais com o discurso do Chuck para Casey sobre trair a equipe,o que naquele momento era o que o Coronel estava fazendo,e a conversa dos dois sobre ir para a prisão,que foi interrompida com um blackout,gerado por Jeff e Lester.


Um momento que merece se
r comentado,é a descoberta de Devon.O cunhadinho de Chuck,sempre se mostrou um grande irmão para o nerd,e nesse episódio ele se superou na camaradagem.Sempre preocupado com o bem-estar do futuro cunhado,Devon comçou a investigar o seu sumiço,e foi parar no apê de Casey acreditando que ele era um tipo de maníaco que estava vigiando Chuck.Porém,o sistema de segurança do agente foi acionado e o Incrível ficou preso,Sarah e Chuck que estavam fugindo da base acabaram o vendo e foram em seu socorro.O resultado não podia ser outro:Devon acabou descobrindo o segredo de Chuck e ganhou a responsabilidade de protegê-lo,escondendo-o da futura esposa.Apesar de se atrapalhar um pouquinho,ele realmente conseguiu ser Awesome!

Com um convite de Chuck,Casey acabou indo encontrar Steve.Com a pequena dica do pai,Chuck os levou até a base da Fulcrum.A cena dos agentes se preparando para receber o Intersect foi de arrepiar,mais ainda foi ver todas as informações sendo retiradas da cabeça de Chuck!E assim foram os quatro casar Ellie e Chuck com sua mente leve...
O reencontro de Ellie com o pai e o irmão foi mais um dos momentos emocionantes do episódio,afinal de contas,a família estará reunida para o casamento na season finale,além é claro de contar om a presença de Roark que fez questão de pegar uma carona para o evento.

Um destaque especial vai para Morgan,que ao que parece,finalmente cresceu,sem precisar continuar pendurado em Chuck,o que pode ser bom ou ruim,já que essa dupla sempre foi bem le
gal junta,ao mesmo tempo vai ser interessante ver essa nova fase de Morgan,e pode-se dizer da série inteira.

O que será da série com Chuck sem o intersect?E Morgan,vai fianalmente virar um adulto?Conseguirá Roark arruinar o casamento de Ellie?A série será cancelada?As perguntas que não querem calar...


quarta-feira, 22 de abril de 2009

terça-feira, 21 de abril de 2009

[Spoiler]Vídeos Promocionais da Season Finale de CHUCK "Chuck Vs. The Ring"



Vou me abster de comentários sobre os vídeos,já que é season finale,acredito que nem todo mundo vai querer saber de Spoilers até segunda-feira né?

Promo do episódio:


Sneak-Peaks:











Behind The Scene:


Entrevista de Josh Schwartz,Produtor de Chuck

O NY Times fez uma entrevista com Josh Schwartz,produtor de "Chuck",o assunto principal da conversa foi o cancelamento da série,que muito vem sendo comentado ultimamente.Foi falado sobre as inúmeras campanhas contra o cancelamento da série,e também sobre o final da atual temporada.Confira abaixo a matéria:

Será que os poderes combinados da blogosfera conseguem resgatar Chuck do esquecimento? NY Times perguntou ao produtor de televisão Josh Schwartz (Gossip Girl, The O.C.), que criou a série com Chris Fedak, o que o futuro guarda para o seu sempre azarado herói.

[Cuidado com os Spoilers]

Neste momento, você sabe qual é a situação de Chuck?

Não. O que é complicado, emocionalmente falando. Os últimos dois episódios são certamente os melhores que nós já fizemos, e eu sinto que toda a temporada foi bem estruturada. Sentir essa união de forças da Web, apoiando o show, tem sido realmente incrível.

O programa começou forte na sua primeira temporada, mas não tem se saído tão bem desde então. O que você acha que aconteceu?

Nós fomos atingidos pela greve, assim como um grande número de shows que também estavam na primeira temporada. E nós estávamos num horário muito competitivo, que é a segunda às 20h00. Como Monday Night Football estava terminando, nós pensamos meio que “Ok, agora nós finalmente vamos crescer”. E aí a Fox decidiu colocar House nesse horário. De um jeito estranho, a sobrevivência do programa tem ajudado a fazer com que as pessoas prestem mais atenção nele. Esse é o lado bom que eu vejo.

Pra você, é estranho que Gossip Girl, que foi renovada para mais uma temporada, tenha menos espectadores que Chuck, cujo destino ainda é incerto?

Chuck provavelmente tem o dobro da audiência de Gossip Girl. Gossip Girl obviamente atingiu o lado cultural de uma forma bastante específica. E conta com muitos recursos auxiliares, como o iTunes e a transmissão online. Claramente, seu público vê as coisas de outras maneiras. Eu nunca tive um programa como Chuck, que fosse um favorito dos cults. Eu não descreveria o público de Gossip Girl como cult. Quando eu penso em um público cult, penso mais em pessoas como eu do que como Blair Waldorf.

Como você está se preparando para o que pode ser o último episódio de Chuck?

Você quer dizer emocionalmente? Com terapia.

Eu quis dizer narrativamente.

Se, em duas semanas, o último episódio de Chuck for ao ar, vai ser um dos finais menos satisfatórios de todos os tempos. Chris Fedak, o cara que criou o programa, disse às pessoas que vai deixar suas salas em chamas.

Esse é seu plano pra conseguir uma terceira temporada?

Não é exatamente uma estratégia de sobrevivência. É a história que nós quisemos contar por um tempo, antes mesmo de sabermos da nossa audiência. Mas o episódio certamente foi escrito para que na terceira temporada o programa cresça e se torne bem maior do que é agora. Sempre houve um jeito de levá-lo a outro nível na próxima temporada. Eu estou sendo astucioso na minha descrição? Mas é isso aí, ele te deixa ansioso para o que está por vir.

Você passou por uma fase de sofrimento quando The O.C. acabou?

The O.C. teve uma vida diferente. A série foi lançada de forma muito grande e fez sucesso rápido. O elenco aparecia em capas de revista o tempo todo. Aí nós tivemos que lidar com um retrocesso. Nós fizemos 27 episódios com um número excessivo de histórias, e estávamos tentando sustentar isso em temporadas subseqüentes. E então, estranhamente, no último episódio, os críticos voltaram para o show, mas o público o abandonou. Criativamente, o programa foi muito, muito satisfatório. E nesse ponto da minha carreira, eu prefiro ter um bom programa a um programa de grande sucesso, se eu tivesse que escolher entre os dois. Apesar de alguns dias você ficar tipo “Ah, esqueça isso”. Porque tem muita ansiedade envolvida. Toda manhã, quando você pega a audiência, você tem uma dor de estômago.

Algum outro programa ajuda você a tirar Chuck da sua cabeça?

Sim. Mas eu também sou muito, muito bom em esvaziar minha mente pra tudo isso. Acho que é o que chamam de ser judeu, eu suponho.

Ser quem você é, alguém com quem uma rede de TV gostaria de ter um bom relacionamento, dá à NBC um incentivo para renovar o programa?

Acho que sim. Mas certamente não é uma garantia. Pessoas muito maiores que eu tiveram seus shows cancelados muito mais rapidamente. Então nunca é 100%. Mas eu tenho muitas idéias para muitos outros programas. Eu não sei como responder isso sem soar totalmente arrogante. A boa notícia é que a NBC realmente gosta da série, criativamente falando. Eles estão lutando por ela. Eles não estão tipo “É, tanto faz”. Eles estão empenhados, o que é bastante notável, considerando que eles não são os proprietários do programa. Frequentemente são esses os shows que se tornam órfãos.

Essas campanhas “Salve Chuck” podem realmente ser a diferença entre renovar e cancelar a série?
A diferença entre uma série de grande sucesso e uma mediana é tão pequena agora. As avaliações tem se tornado tão apertadas que qualquer forcinha já ajuda. Se você tem uma base leal de fãs, isso pode realmente fazer diferença. Agora, mais do que nunca, esse tipo de apoio pode ter um impacto. O custo de lançar uma série está mais alto do que nunca. E obviamente as chances nunca foram tão boas. Se você olhar para a NBC, vai ver que ela tiveram paciência com The Office, 30 Rock. E Friday Night Lights é um programa para o qual eles encontraram um jeito de manter o público. A propaganda boca a boca é a tendência mais fora de moda no entretenimento e mesmo assim consegue algumas coisas. Manter nosso público seria significativo o bastante.
Alguns anos atrás, Jericho conseguiu uma breve sobrevida quando seus fãs enviaram amendoins para a CBS. O que os fãs de Chuck deveriam enviar para a NBC?
Em vez de amendoins, eu pediria que nossos fãs enviassem Nerds*. O doce. Não nerds de verdade, que eles podem encontrar nas ruas.

O que acham de assinar as petições e dar uma força?
Petição 3ª Temporada (1),(2)Campanha da Kristin dos Santos "Save One Show"

[News]Produtora Executiva de "Smallville" Responde à Perguntas Sobre a Série

Os últimos 4 episódios da atual temporada de "Smallville" irão ao ar a partir desta quinta-feira,dia 23.Enquanto isso,a produtora executiva Kelly Souders,em entrevista ao TVGuide deu algumas dicas sobre o fim da 8ª temporada e sobre o que acontecerá na 9ª.Confira abaixo:
[Spoilers Abaixo]

Clark pode voar, mas simplesmente não domina essa habilidade ainda, em minha opinião. Quando o veremos desenvolver essa habilidade?
Kelly Souders: Clark Kent não irá realmente se tornar o Superman até que atinja os céus. Todos nós temos nossos obstáculos; o dele é o vôo. Até que ele possa assumir totalmente sua vida dupla, será difícil para ele sair do chão. Mas, vamos dizer que, seus “super saltos” estão cada vez mais próximos de se transformar no verdadeiro objetivo.

Existem planos para explorar o passado da Lois nos episódios à frente? Porque nós fãs da Lois estamos morrendo de vontade de descobrir mais sobre ela. E se ela e Clark não se beijarem logo, nós vamos pirar!

Souders: Por favor, não pire. Todos nós estamos ansiosos para essas duas coisas acontecerem. Os fãs da Lois ficarão animados em saber que verão muito mais dela no futuro. Ela é fascinante e nunca iremos parar de cavar mais para descobrirem o que a torna assim.


Veremos mais da Chloe como Torre de Controle nos próximos episódios?

Souders: Torre de Controle... Tudo que digo é que “fique ligado” nos episódios.



"Torre de Controle está oficialmente online" — essa cena foi demais! Há uma chance de um relacionamento entre a Torre de Controle e o Arqueiro Verde? Essa idéia soa tão esquisita, mas ao mesmo tempo soa tão legal.
Souders: Nós adoramos qualquer coisa que seja tão esquisita e legal. Nós sabemos que os caminhos da Chloe e do Oliver estarão interligados e se desenvolvendo. Mas Torre de Controle e Arqueiro Verde juntos? Isso nos dará muito que pensar na sala de roteiros!


Por que Clark está tão distante da Chloe nesta temporada? Ele a está usando como seu "esquadrão de bomba pessoal" na hora exata em que ela mais precisa dele?

Souders: Clark tem o peso do mundo em seus ombros e uma de suas poucas falhas é que ele nem sempre consegue ver o problema perto dele. Essa amizade vem sendo testada nesta temporada — e vamos admitir que esse não foi o pior dos testes.



Veremos o Borrão e o Arqueiro Verde se unindo para alguma missão em alguma parte desta temporada ou na próxima.

Souders: Sim. Mas a consequência talvez te surpreenda.


Eu provavelmente não irei receber uma resposta direta, mas mesmo vou arriscar: Você gostou desse final entre Clark e Lana? Terminando o relacionamento deles porque eles precisavam e não porque eles aprenderam como adultos que não dariam certo?

Souders: Nós queríamos a jovem Lana que conhecemos há oito anos atrás — a garota que sempre precisou ser salva — e finalizar sua história o mais distante possível daquela líder de torcida perdida. É porque eles são adultos, se desafiando para serem mais fortes e melhores, até que eles tiveram que se separar. A kryptonita foi um símbolo do que os fãs conheciam há muito tempo — que eles não foram destinados a ficar juntos.


Em sua opinião, qual foi o melhor episódio da temporada até agora e por quê?
Souders: Eu gostei muito de "Identity." Assistir Clark lutar contra suas duas personalidades é bem divertido e interessante. Eu adorei vê-lo em becos que ele não tinha certeza se conseguiria sair.


Embora Al Gough e Miles Millar [Criadores da série] tenham partido vocês mantém contato com ele?

Souders: Nós absolutamente mantemos contato com eles. Eles criaram a série e tiveram a visão para ela.


Alguns dos produtores executivos irão comentar algum episódio nos extras do DVD da 8ª Temporada?

Souders: Brian [Peterson] e Darren [Swimmer] fizeram isso na semana passada. Infelizmente, eu tive febre alta e não compareci. Mas os episódios escolhidos foram dois dos meus favoritos desta temporada.


A audiência tem sido ótima neste ano e nós até já temos outro ano confirmado. O que você acha que mantém as pessoas mais ligadas? E vocês esperam repetir a mesma coisa no próximo ano?

Souders: Eu acho que as pessoas ficaram mais ligadas por conta dos personagens. Tem sido muito divertido os assistir crescer. Eles ainda têm algumas dores para suportar, mas tem sido muito bom assistir esses personagens evoluírem como todos nós. Nunca me canso de dizer que até mesmo o Superman tem seus piores dias. E mergulhar no mundo da DC [Comics] tem sido bastante valioso e cheio de possibilidades. Nós planejamos continuar com ambos os aspectos da série — e também começar a criar novos aspectos!

*Entrevista traduzida por PJBoy do Portal Smallville


Confira abaixo a promo do episódio dessa quinta-feira "Stilletto":



Crédito do vídeo:CineSéries

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Review - "Chuck Vs. The First Kill"



É muito difícil citar um único elemento de Chuck que me desagrade,digo isso porque simplesmente não há nada nessa série que eu não goste.Aliás,havia,porque até da Jill que eu não gostava,o episódio dessa semana me fez gostar.

O episódio mostrou bem o desapontamento de Chuck com a vida de Intersect,já que ele já fez tanto pelo país e agora,o governo não se mostra tão interessado assim em ajudá-lo a encontrar seu pai.Nem o fato de ter Morgan como melhor amigo foi capaz de animá-lo ; )...
A partir daí que Chuck teve a brilhante ideia de pedir a a
juda de um agente Fulcrum,e quem seria esse agente?Bom,infelizmente,a retrospectiva no início do episódio acabou com o suspense,mas ainda assim,foi surpreendente ver Chuck recorrer logo a Jill (que como todo mundo sabe muito bem,e que Chuck fez questão de frisar,traiu não apenas o país como Chuck) para encontrar seu pai.
Tudo nessa vida tem um preço, e é obvio que Jill tinha o seu,Chuck então propõe que,caso ela o ajude,ganhará liberdade.
Feito o acordo,era preciso se encontrar com o tio Bernie,o mesmo que recrutou Jill para trabalhar para Fulcrum e que muito provavelmente saberia onde Steve Bartowski estaria sendo mantido.Porém,o único meio de encontrar Bernie sem proteção,seria em uma reuniã
o de família.Acontece que não havia nenhuma chegando,a solução seria criar uma.
Confesso que foi meio traumatizante ver a encenação de Chuck e Jill noivos,na hora veio à mente que Chuck acabaria caindo de novo nos encantos da ex,mas afinal,ele está mais maduro e conseguiu manter a cabeça no lugar,é claro até conhecer o tio Bernie que é um sanguinário e que deu um sumiço no último namorado de Jill.
A sequência do trio,Chuck/Jill/Bernie foi muito cômica e o modo como terminou não podia ter sido melhor."The Morgan",esse foi 'O' momento do episódio,o que na verdade era uma "pose d
e maricas" inventada por Morgan para se proteger das garotas,acabou causando um ataque fulminante em Bernie,ou seja,a primeira morte de Chuck.Confesso que na primeira vez que vi o nome do episódio já pensei que Chuck ia acabar pegando numa arma e realmente matando alguém para se defender,mas ainda bem que Josh Schwartz optou pelo lado da comédia e ao invés de criar mais um momento de tensão no episódio,nos fez dar boas gargalhadas.
Como Bernie era o único capaz de dizer onde S
teve estava,Jill deveria voltar à prisão,foi bem tocante a despedida dela com o Chuck,no final ela se importa de verdade com ele e estava mesmo afim de ajudar.
Entretanto,o celular do defunto toca,Chuck atende,dá uma enrolada e consegue localizar o lugar de onde veio o telefonema.Jill diz que conhece o lugar e que se provavelmente Steve Bartowski está lá.Só que para entrar no lugar era preciso uma desculpa,e a encontrada foi um teste para entrar na Fulcrum.A cena do Casey e do Chuck fazendo o teste e o Casey tentando colar do Chuck foi mais um daqueles momentos que a gente ri até dias depois.
O problema nisso tudo é que o recrutador era bem esperto,e fez um reconhecimento de face,descobrindo que Chuck era filho de Steve e Casey agente da NSA.E lá foi o Chuck ser capturado,e o Casey salvá-lo,usando os músculos enquanto Chuck usava o cérebro para tentar encontrar o pai.
Sarah teve que confiar em Jill e levá-la para ajudar Chuck,porém,elas não tiveram muita sorte e começou uma sequência de tiros emocionante.Enquanto isso,Chuck é pego pelo recrutador da Fulcrum e com mais um matador "The Morgan" acaba fazendo com que o homem caia da janela,Chuck que tem um coração muito bom não queria deixar o homem cair,afinal,cair de 15 andares deve ser realmente desagradável...O legal foi ver que,mesmo com a oportunidade de fugir,Jill ao houvir os gritos de Chuck resolve ir ajudá-lo,um pouco tarde,entretanto,e o agente Fulcrum despenca (RIP).
O pior foi ver que depois de tudo,Steve não estava mais lá,mas sim no "Black Rock",que segundo o flash de Chuck,é uma base super secreta da Fulcrum.
Um ponto legal também,foi que Chuck decidiu por não se deixar mudar pela nova vida de agente,e acabou ajudando Jill a fugir,no final ele continua sendo apenas Chuck.
O final foi bem menos feliz,a General Beckman não gostou nem um pouco das atitudes de Chuck e decidiu mandá-lo para o subterrâneo.Casey como sempre,cumprindo ordens,se preparou para levar o nerd,já Sarah,com certa relutância foi à Buy More enganar Chuck,ela devia dizer-lhe que o pai de Chuck havia sid
o encontrado e então levá-lo à base,porém,as atitudes de Walker foram bem surpreendentes.Sarah contou toda a verdade à Chuck e ainda fugiu com ele pra procurar Steve com o perigo de ser presa por traição,o que vai acontecer no próximo episódio?Eu já postei algumas dicas no blog,mas prefiro me surprennder (again).
Quanto à Buy More,não teve assim uma grande história,pelo menos não se comparada com a história central,destaque para a tra
ição de Morgan ao Big Mike,sinceramente eu não esperava essa de você Grimes!

*Preciso fazer um agradecimento especial aos legenders,pelo excelente trabalho,uma legenda de ótima qualidade em menos de 24 hs.O que seria da minha vida sem vocês?
**Um segundo agradecimento vai para Josh Schwartz e sua mente brilhante,esse agradecimento estava guardado desde "The O.C.",muito obrigada Josh!

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Terminator:TSCC e a Polêmica da Renovação/Cancelamento.


Muito se tem dito ultimamente sobre se TSCC será cancelada ou renovada,muitos já chegaram até a dizer que o cancelamento já foi confirmado,porém,foi contestado.

Michael Ausiello do EW havia comunicado que o cancelamento já era um fato confirmado;'
"Está feito", afirmou-me uma fonte próxima ao show.'; ao que Josh Friedman contestou,e pareceu bem revoltado por soltarem tais boatos sobre sua série.

A verdade é que,a FOX só divulgará sua programação dia 18 de Maio,o que quer dizer que somente nesse dia saberemos realmente quem foi cancelado e quem foi renovado.

Até lá,consideraremos qualquer notícia como falsa.Assim como eu só noticiarei uma renovação ou cancelamento após essa data.

[Spoiler]2ª Promo de "Chuck Vs. The Colonel" e Novidades!

A promo de segunda-feira da NBC promete fortes emoções,confira abaixo:



O Michael Ausiello do EW,soltou alguns SPOILERS,sobre os episódios finais de "Chuck",alguns bem surpreendentes,quem não quiser saber,clique aqui e assine a petição para uma 3ª temporada.
Spoilers abaixo:

Quando perguntado sobre alguma novidade boa em Chuck ,a resposta de Ausiello foi:
" Só uma coisa ficará no caminho de Chuck e Sarah fazendo sexo na próxima segunda. E aquela coisa se parece com isso."


Sobre os dois casamentos no season finale de Chuck,excluindo,evidentemente,o da Ellie e do Devon,Ausiello falou sobre o segundo,dando uma pequena dica:
"Você quer uma novidade do casamento. Pelo Josh: "Chuck joga isso pra alguém que ele gosta muito."

[Fim dos spoilers]

Ao que parece,os episódios finais de "Chuck" estarão Awesome!



quarta-feira, 15 de abril de 2009

[Spoilers] Novidades dos episódios finais de "Chuck"

Para começar,confira abaixo,a promo reveladora do próximo episódio,"Chuck Vs. The Colonel",que irá ao ar na próxima segunda-feira nos E.U.A:


Confira abaixo as fotos promocionais da season finale,"Chuck Vs. The Ring": Sinopse do episódio:
CHUCK PRECISA SALVAR O CASAMENTO E A VIDA DE SUA IRMÃ –

Quando o dia do casamento entre
Ellie (Sarah Lancaster) e Awesome (Ryan McPartlin) finalmente chega, Chuck (Zachary Levi) precisa salvar a vida e o grande dia de sua irmã antes que Ted Roark (Chevy Chase) e a FULCRUM arruínem tudo. Enquanto isso, com o Intersect for a de sua cabeça, Chuck se depara com sua mais perigosa missão até hoje: descobrir o que fazer com o resto de sua vida.

Chris Fedak,produtor executivo da série,ainda deu algumas dicas do que esperar do episódio.

Segundo o produtor,"Eles se reunem em uma pequena Igreja em Hollywood","Eu prometo esculturas de gelo e um bolo,mas tem um componente excitante e eu não estou falando da noite do casamento".Ao que parece,Ellie descobre o segredo do irmão e os agentes Fulcrum atrapalham seu grande dia.O líder dessa ameaça é Ted Roark.
O produtor ainda disse que "teremos dois casamentos nesse episódio".
Alguma teoria?


Fonte do vídeo:Cineseries

ATUALIZANDO - "Chuck" vai para o canal CW?

Conforme havia noticiado aqui no blog,há alguns dias,surgiu o boato de que,caso a NBC cacele a série,o canal CW teria interesse em continuá-la.
Porém,segundo Kristin dos Santos,a história não é bem assim.Confira abaixo o que a jornalista disse sobre o assunto:
"Tudo indica que a CW não tem nenhum plano de renovar a série se a NBC cancelar."

Agora nos resta esperar para ver quem realmente está certo,lembrando que a NBC ainda NÃO cancelou Chuck,da minha parte vou noticiar agora,apenas aquilo que a emissora realmente divulgar.

Review - TSCC "Born To Run" Season Finale



Simplesmente magnífico!Somente Terminator,para nos proporcionar uma das melhores season finales que já vi na minha vida.Um episódio que teve um pouco de tudo,muitas respostas,muitas perguntas,muita ação e surpresa.Fica o sentimento da incerteza,se por um lado essa finale deixou a esperança de uma próxima temporada mais do que incrível,por outro fica a dúvida se haverá mesmo uma próxima temporada,que a Fox queira peloamordeDeus!
Porém,me arrisco dizer que esse episódio serviu
muito bem,seja como season finale,seja como series finale,em ambos os casos convence e surpreende.
O episódio começou mostrando que,com a prisã
o de Sarah,a hora era de continuar,deixar tudo para trás e seguir em frente,mas afinal de contas essa é "As Crônicas de Sarah Connor" e John Connor nunca deixaria sua mãe para trás,então logo de início imagina-se que aquele não seria o fim do trio mais legal da história.
Sarah chama a única pessoa com quem poderia falar em privacidade,o Padre que apareceu no episódio 1 dessa segunda temp
orada "Samsom and Delilah",e o pobre coitado ainda nem havia se recuperado dos acontecimentos passados e Sarah lhe pede que ajude o filho a fugir.Enquanto isso,John e Cameron estão em um Hotel,esperando para descobrir o que fazer,como sempre Cameron é a voz da razão e diz ser melhor esperar para deixar a cidade,embora John não goste da ideia de deixar a mãe para trás.John recebe então uma ligação do Padre para ir buscar o dinheiro e fugir,aquela moça lá parente do homem que fazia as identidades falsas também apareceu para levar uns passaportes e entregar a mensagem de Sarah,John não deveria ir atrás dela e Cameron devia se certificar de que ele não fosse. O outro núcle da história também esteve incrível,Weaver estava,assim como Sarah,procurando um meio de proteger seu "filho",querendo movê-lo para um lugar mais seguro já imaginando o iminente,Cameron iria destruí-lo,um dos pontos altos desse episódio é justamente o modo como essa história foi tratada,usando da semelhança das situações,foi como ver duas famílias,duas mães protegendo seus filhos,foi muito inteligente fazer essa paralelidade.
Outro ponto alto foi a visita do Mr. Ellison à John e Cameron,foi um momento de tensão,e ao mesmo tempo parece ter dado uma resposta à uma questão já levantada.Ellison deixa claro que não teve nada a ver com a prisão de Sarah e diz que Weaver deseja falar com John para lhe agrad
ecer por proteger sua filha Savannah,e diz que tem uma mensagem da patroa para Cameron:"Se juntará a nós?",a mesma mensagem que foi enviado para o robô de metal líquido no submarino da Jesse,e como ficou bem evidente,Cameorn ficou extremamente incomodada com a pergunta,e gelei quando ele disse a Ellison para sair e que ela não diria novamente.
Não poderia deixar de comentar a cena mais comentada da semana.John acrediat que a fonte de energia nuclear de Cameron é a responsável pelo câncer de Sarah,embora a ciborgue deixe claro que não há nad
a de errado com ela ele não acredita,portanto,Cameron resolve recobrar a confiança e suas ações não são exatamente de um robozinho sem vontade própria.Ela confessa para John que foi programada para matá-lo e que no fundo ainda deseja matá-lo,porém,não sabe porque não o faz.Ela pede então para que ele examine sua fonte de energia,eu sinceramente acho que ela não tinha a necessidade de tirar a blusa e o sutien,mas vai entender a o que se passa no chip de um exterminador...A verdade é que a cena acabou sendo até que bem singela e tocante,no fundo John gosta da protetora,mas sabe muito bem quem ou o que ela é.
Chega então o melhor.Cameron desconsidera a o
rdem de Sarah e vai à prisão libertá-la e acaba recebendo uma ajudinha de John Henry que abre todas as celas da prisão,criando a situação perfeita para a fuga de Sarah.Ver Cameron entrendo atirando para todos os lados foi o presente perfeito para os fãs fiéis da série,mas logo em seguida vê-la "detonada" gerou preocupação até mesmo na Sarah,não gostamos de ver nossa exterminadora favorita assim.
Sarah,juntamente com John e Cameron (que não
está 100%),vão até a Zeira Corp,se encontrar com Weaver e destruir John Henry,os momento que se seguiram foram mais do que incríveis.Ao chegar à sala de Weaver,aquela nave que apareceu no epísódio 15 aparece para atacá-los,entretanto,num momento para ficar na memória,a robô de metal líquido cria um escudo e protege a todos,bem à vista de Ellison,que a essa altura não estava entendendo mais nada.Interessante mesmo foi o que Weaver disse para Sarah,ela já sabia que Cameron estava indo destruir John Henry,mas ao que parece,sua criação era um meio de ajudar a resistência,como Weaver disse :"o seu John pode salvar o mundo,mas não pode fazê-lo sem o meu",é como se John Henry fosse uma oposição à Skynet. Ao chegar à sala de John Henry,a cena é devastadora,Cameron sentada na cadeira,"morta" sem seu chip,e uma única mensagem,"I'm sorry John",ela deu seu chip para John Henry,por que só saberemos na próxima temporada...
Weaver percebe,então que seu "filho" viajou no tempo,finalmente vemos o que eram os três pontos da Sarah,e a metal chama
John para ir com ela ao futuro procurar John Henry,deseperado,John aceita mas Sarah não e diz que vai tentar concertar as coisas. No futuro,John tem três encontros bem emocionantes,primeiro vê seu tio Derek,porém,esse parece não conhecer nenhum John Connor!Logo em seguida aparece Kyle Reese,pai do John,e ver o brilho no olhar do Tomas Dekker fez pensar como John estava se sentindo naquele momento.E logo em seguida,a surpresa do episódio,o olho de John brilhou mais ainda ao ver Cameron,ou melhor Allison (...from Palmdale,do episódio 4 ),ao menos foi o que pareceu pelo fato de ela estar acariciando um cachorro,foi aí que o olhar de John mudou,ao meu ver,foi pelo fato de perceber que por sua causa aquela garota de aparência tão doce,será morta.
Como análise final do episódio,tem um ponto em especial que me chamou a atenção.Cada aspecto,cada proposta dessa temporada se emendou perfeitamente nesse último episódio,até a história maluca dos três pontos da Sarah,o quarto episódio deixou a pista para o final desse a nave maluca tudo fez o maior sentido no final.Entretanto,há uma crítica,onde esteve a Savannah?


segunda-feira, 13 de abril de 2009

Review - "Chuck Vs. The Dream Job"


"Chuck" teve mais um episódio 'incrível',e essa frase já está ficando repetitiva...
Mais uma vez,houve uma certa continuidade,e pudemos chegar mais perto de um desfecho que promete ser magnífico.
O episódio começou de onde o último havia parado,Chuck encontra seu pai,e logo de início vemos seu rosto (que quem lê spoilers,estava careca de saber quem é) e percebemos logo de cara cert
as semelhanças entre pai e filho.Steve Bartowski,logo de início, parece ser um pai bem covarde,dizendo não poder ir ao casamento da filha,porém,apenas algumas palavras de Chuck o convencem a ir vê-la,não antes de dizer estar sendo vigiado,seria ele maluco?Veremos...
Momento cômico,ou não,ao rever o pai a única palavra que Ellie consegue dizer é :panquecas.Sim,afinal o pai disse que iria fazer panquecas para o jantar e nunca mais voltou!E lá foi o Chuck conversar com a irmã,foi uma cena muito bonita,Ellie sempre consolou e cuidou de Chuck,agora ele estava retribuindo o carinho,acho a relação dos dois a mais legal da série,cheia de sentimento...
E a família finalmente se reuniu,mas o pai começou a dizer umas coisas estranhas sobre projetos que lhe roubaram,sobre a
tv que ele projetou,e os filhos decidiram por ignorar as maluquices do pai.
É quando Chuck tem um flash,que ele tem a oportunidade de ter o tal do 'Dream Job',o flash é sobre um super vírus que pode roubar as informações do governo,ligado à Fulcrum, e para impedi-lo Chuck deve conceguir um emprego na empresa de tecnologia de Ted Roark,simplesmente o ídolo de Chuck e arquirrival (nova regra ortográfica...LOL) de seu pai.Isso acabou gerando uma discussão entre Steve e o filho,porém,ele resolve aconselhar o filho a aceitar o emprego como uma forma de 'subir na vida',e emtrega uma planta da empresa ao filho,Chuck que estava analisando as pistas que o Orion
havia lhe dado percebe que uma das imagens se encaixa perfeitamente na planta da empresa e chega a conclusão de que a Fulcrum está construindo o próprio Intersect lá.
O problema encontrado por Carmichael é explicar para Casey e Sarah como conseguiu chegar à tal conclusão.Sem apresentar provas concretas de sua teoria,Chuck é obrigado a ir sozinho encontrar suas respostas.Foi aí que tivemos um dos melhores momentos da série.
Ver Chuck usando todo aquele aparato de agente foi muito impressionante ainda mais vê-lo apontar uma arma para Casey - ainda que essa seja apenas de tranquilizantes - e mais impressionante ainda foi ver Casey cair apenas após três tranquilizantes!
Ao chegar na RI,Chuck,e consequentemente nós,teve uma grande surpresa,seu pai estava lá e o melhor ele é o Orion!
Começa então a corrida para tirar o intersect da cabeça de Chuck e destruir o que a Fulcrum pretende criar,e com tantas perguntas que Chuck tem,é impossível não se emocionar ao ver o Steve ser capturado pela Fulcrum,à custo de deixar seu filho livre e mais uma vez decepcionar sua filha,porém,fica a certeza de que essa não será a última vez que veremos o Steve e que também o agente Carmichael não irá parar de procurar pelo seu pai.