segunda-feira, 13 de abril de 2009

Review - "Chuck Vs. The Dream Job"


"Chuck" teve mais um episódio 'incrível',e essa frase já está ficando repetitiva...
Mais uma vez,houve uma certa continuidade,e pudemos chegar mais perto de um desfecho que promete ser magnífico.
O episódio começou de onde o último havia parado,Chuck encontra seu pai,e logo de início vemos seu rosto (que quem lê spoilers,estava careca de saber quem é) e percebemos logo de cara cert
as semelhanças entre pai e filho.Steve Bartowski,logo de início, parece ser um pai bem covarde,dizendo não poder ir ao casamento da filha,porém,apenas algumas palavras de Chuck o convencem a ir vê-la,não antes de dizer estar sendo vigiado,seria ele maluco?Veremos...
Momento cômico,ou não,ao rever o pai a única palavra que Ellie consegue dizer é :panquecas.Sim,afinal o pai disse que iria fazer panquecas para o jantar e nunca mais voltou!E lá foi o Chuck conversar com a irmã,foi uma cena muito bonita,Ellie sempre consolou e cuidou de Chuck,agora ele estava retribuindo o carinho,acho a relação dos dois a mais legal da série,cheia de sentimento...
E a família finalmente se reuniu,mas o pai começou a dizer umas coisas estranhas sobre projetos que lhe roubaram,sobre a
tv que ele projetou,e os filhos decidiram por ignorar as maluquices do pai.
É quando Chuck tem um flash,que ele tem a oportunidade de ter o tal do 'Dream Job',o flash é sobre um super vírus que pode roubar as informações do governo,ligado à Fulcrum, e para impedi-lo Chuck deve conceguir um emprego na empresa de tecnologia de Ted Roark,simplesmente o ídolo de Chuck e arquirrival (nova regra ortográfica...LOL) de seu pai.Isso acabou gerando uma discussão entre Steve e o filho,porém,ele resolve aconselhar o filho a aceitar o emprego como uma forma de 'subir na vida',e emtrega uma planta da empresa ao filho,Chuck que estava analisando as pistas que o Orion
havia lhe dado percebe que uma das imagens se encaixa perfeitamente na planta da empresa e chega a conclusão de que a Fulcrum está construindo o próprio Intersect lá.
O problema encontrado por Carmichael é explicar para Casey e Sarah como conseguiu chegar à tal conclusão.Sem apresentar provas concretas de sua teoria,Chuck é obrigado a ir sozinho encontrar suas respostas.Foi aí que tivemos um dos melhores momentos da série.
Ver Chuck usando todo aquele aparato de agente foi muito impressionante ainda mais vê-lo apontar uma arma para Casey - ainda que essa seja apenas de tranquilizantes - e mais impressionante ainda foi ver Casey cair apenas após três tranquilizantes!
Ao chegar na RI,Chuck,e consequentemente nós,teve uma grande surpresa,seu pai estava lá e o melhor ele é o Orion!
Começa então a corrida para tirar o intersect da cabeça de Chuck e destruir o que a Fulcrum pretende criar,e com tantas perguntas que Chuck tem,é impossível não se emocionar ao ver o Steve ser capturado pela Fulcrum,à custo de deixar seu filho livre e mais uma vez decepcionar sua filha,porém,fica a certeza de que essa não será a última vez que veremos o Steve e que também o agente Carmichael não irá parar de procurar pelo seu pai.

Um comentário:

Petter disse...

Muito bom, muito bom. Espero que o finalzinho da temporada não desaponte nem um pouco e espero MUITO para que não cancelem né?!
Tomara que dê tudo certo, Chuck tá muito imperdivel.

Beijo