terça-feira, 26 de maio de 2009

Review - "Glee" Pilot



Acho que é agora que eu respiro fundo e digo,obrigado Senhor!Achei que ia passar mais um ano sem ver algo realmente divertido e que estivesse de acordo com minha faixa etária.
Digo isso porque,o que eu mais assisto são séries scifi,e não é apenas por ser meu gênero favorito,mas também porque as séries teens não tem me empolgado muito,e acabo descobrindo que não vale mesmo a pena.Então chego eu na situação que de tanto ver ficção,estava começando a acreditar em universos paralelos,viagem no tempo,ETs...
Resolvi dar um voto de confiança para "Glee",afinal,uma série teen musical,que - ainda bem- não tem nada das infantilidades de "High School Musical",me cham
ou a atenção.
Logo de cara me encantei com tudo nessa série.Vamos por partes:

*Os personagens,são incríveis.Todos muito bem
construídos com suas partes cômicas e dramáticas,já no primeiro episódio conseguimos identificar quais os pontos fortes e fracos de cada um.
A Rachel,personagem principal já se apresentou como uma personagem interessantíssima.A garota é filha de pais gays e tem mãe lésbica (!!!),foi criada para ser boa,não boa não é suficiente,para ser a melhor em tudo,não tem namorado pois tem que atualizar o Myspace e vive em função da música e das tentativas de chegar à fama,ah eu acho que ainda não citei de que ela está convicta de que é a melhor canto
ra do mundo! Entretanto,graças a excelente escolha dos produtores,a atriz Lea Michele não deixa a desejar em momento algum.
O Finn,que é o "mocinho" da história é um personagem curioso,embora não seja o melhor,para mim perde para o Arty e seu "belo agudo",mas é interessante ver que por trás do jogador de futebol popular há um rapaz com sonho de ser cantor e com uma namorada que creio eu,gerará muito ódio...
O professor Will é hilário e ao mesmo tempo é aquele professor que todos gostariam de ter.É impossível não ver a paixão pelo trabalho nos seus olhos,tenho certeza de que ele será o ponto forte da série...exceto é claro por sua esposa,Terri que é um porre...
Num âmbito geral,os personagens são ótimos,amei a Sue cantando "I kissed a girl" da Kate Perry,acredito que ainda vamos ouvir muitos hits vindos dela e a Mercedes é defin
itivamente uma Diva,a Beyoncé,não a Kelly Rowland!

*O roteiro,não há falhas nesse roteiro,embora o começo seja parado,você não consegue tirar os olhos da tela,cada acontecimento é apresentado no momento certo e é simples a compreensão.

* A apresentação de Rehab,para mim,foi um dos melhores momentos televisivos do ano,a música já é incrível,e quando cantada por um coral tão bom e com uma releitura e coreografia tão legais,o resultado não poderia ser melhor!

* O final,o ensaio de "Don't stop believing" mais pareceu uma apresentação,ficou claro q
ue os atores foram escolhidos minuciosamente visto que a química foi inegável,a interação entre eles foi total.

Por outro lado...sempre tem que
haver uma crítica.O episódio não foi perfeito,algumas coisas supérfulas foram apresentadas,enquanto outras importantes foram deixadas para trás.O maior desafio agora vai ser manter esse roteiro mais maduro,e não cair na inocência infantil de High School Musical.E embora eu tenha amado o "Don't Stop believing",vai ser difícil acreditar que eles conseguirão superar o "Rehab"...veremos.

Enquanto isso fica a expectativa para a Fall Season e a certeza de que essa é uma das grandes estreias do ano.

Confira abaixo a promo para a fall season:



2 comentários:

Petter disse...

Não se preocupe, Glee nunca será uma HSM da vida, acredite!
A série também me encantou de imediato, acho que desde o piloto de The OC, eu não via um piloto de série teen tão bom e viciante.

Não vejo a hora de Setembro chegar.

Beijos

Dan Artimos disse...

Glee me encantou... estou enrolando para postar o comentário.. está muito longe da estréia... vou tentar correr com ele...

A série vai ser mto boa... toh vendo que vai haver uma enchurrada de séries musicais depois disso... rs...

vide a nova era dos vampiros rs