segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Review - Dollhouse 1x1 - "Ghost"


Difícil falar de uma série assim,logo na estreia.Ainda mais quando havia tanta expectativa para tal.Dollhouse não teve uma estreia estrondosa,pode-se dizer que foi até menos do que aquilo que se esperava,porém,teve muitos pontos altos,e ao menos pra mim,ela já ganhou uma chance de mostrar que pode ser muito mais,aliás,a série tem muito potencial.

O episódio não mostrou muito sobre a personagem principal Echo,acredito que saberemos mais sobre ela mais pra frente,no momento tudo que sabemos é que a moça em algum momento da vida cometeu uma infração,e isso a levou a Dollhouse,e agora ela trabalha como uma "boneca", que é programada e reprogramada constantemente de acordo com as necessidades dos clientes.
Logo no início,vemos Echo trabalhando como uma espécie de "namorada de aluguel",e parecia que ela estava contente com seu trabalho até estudando a possibilidade de encontrar o rapaz novamente.Foi bem triste ver em segundos,todas as lembranças do fim de semana alegre que ela teve com o rapaz simplesmente sumiram.

Sua nova missão era resgatar a filha de um rico empresário que havia sido sequestrada.E é aí que as coisas começaram a se complicar.Para Echo desempenhar seu papel da melhor maneira possível,a programaram para achar que é uma eficiente negociadora,acontece que na programação,colocaram as memórias de uma moça que havia sido sequestrada quando criança,e abusada por um dos sequestradores.Então,na hora de entregar o dinheiro e pegar a garotinha,as lembranças de Echo começaram a misturar-se com as que foram implantadas,e ela acabou por colocar tudo a perder.Porém,Echo estava determinada a encontrar a garota e acreditava saber como,por isso seu "protetor" (que ao que parece vai ser a consciência no meio de toda a loucura) pede para que sua chefe permita que Echo tente encontrar a menina,no final das contas,ele acaba descobrindo que as memórias implantadas na moça são as de uma garota que suicidou-se,mostrando o quão inescrupulosos os cientistas e empresários da Dollhouse podem ser.

Na hora de resgatar a garota,vemos claramente que a programação e todo o trabalho que vem sendo feito em cima de Echo,não estão surtindo todo o efeito esperado,a moça põe todas as emoções pra fora,e acaba por conseguir resgatar a menininha.
E esse foi mais um dia para Echo...

Algumas coisas no episódio foram realmente interessantes,como por exemplo,o investigador que nos fez pensar em quão errado é o que tem ocorrido na Dollhouse,afinal nada é mais desumana do que tirar de alguém aquilo que é mais precioso,a sua personalidade.Acredito que "Dollhouse" vai nos fazer pensar sobre muitas questões humanas,e o melhor vai nos entreter muito bem.
Como já dito,não foi um episódio de estreia espetacular,mas só o fato de haver uma série com uma história diferente de tudo o que temos visto ultimamente,já é um bom motivo para querermos assistir.

2 comentários:

disfordaniel disse...

Nossa eu adorei Dollhouse, sério mesmo, achei super legal o piloto (e olha que sempre desisto nos pilotos u.u) HUAIHAUI

http://disfordaniel.wordpress.com/

Petter disse...

Cara, pra te falar a verdade eu gostei do primeiro episódio -- que não era pra ser -- de Dollhouse.
Como disse no meu review, to indo contra uma maré de gente, mais acho que grande culpa dessa decepção logo no episódio de estréia, é por causa da grande expectativa criada em torno da série!
Acredito muito no potencial dela e acho que pode vir a nos surpreender assim como True Blood com seu jeito todo ''novo'' também conseguiu!

Grande beijo!